Abraçando o Sol....



A dor é inevitável.

O sofrimento é opcional.

(Carlos Drummond de Andrade)


Durante 12 dias, insistentemente, a gripe está na minha vida, assim como outras pulhas que ainda existem em ficar. Chega! Pulei da cama, recolhi os lençóis molhados pela febre, tomei um banho gelado, uma vitamina com saião, me agasalhei e fui abraçar o sol...na infinita highway, silenciosa highway. Eu posso. Estou de férias, com horários muito bem gerenciados, um benhê maravilhoso ao lado que diz: vá se divertir.

E...como é bom ter esse poder sobre minha vida, essa certeza que eu sou mais do que um ser dominado por um virus besta, talvez produzido em laboratório por pessoas bestas e cheias de mesmices que não gostam de viver e acham que outras não tem o direito de viver intensamente. E eu amo ficar pendurada na janela do carro dando tchau para os caminhoneiros, fazendo caretas para as crianças em outros carros, ouvindo som alto, sentindo o cheiro do eucalipto ou o som das ondas.

Algum dia desses, li num jornaleco de taxista, naquelas colunas a la deitada no divã alguém dizer: "só tenho amigos virtuais, amo meus amigos virtuais, não confio nos meus amigos reais." Coi-ta-da! Meu Deus! Quanta solidão! E que Deus a livre de uma pane no sistema do qual ela faz parte.

Se sentir dominado por um virus, é normal...questão de saúde. Mas deixar-se dominar por uma máquina?

Nem virus e nem máquina. Quero o sol e a tempestade.


6 comentários:

Ela disse...

Que bom que reagiu, rs
Estes v´´irus bestas não sabem com quem se meteram.

Sol, tem vitamina E , que faz bem para a pele e para a vida.

Gosto do mundo virtual, mas jamais ele se´rá mais valorizado que o real.
Bom dia de sol!

Julie disse...

Essa é a Beth Show que conheço!!
Bjks linda te amo

Tatá disse...

Sábio Drummond, sábia Beth...sempre com as palavras certas para cada momento. Apesar do sol lá fora, uma tenebrosa tempestade me domina.
Amei o que escreveste, e coitada dessa aí com todos os vírus que estão destruindo grande parte das máquinas! Que Deus esteja com ela, nessa!!!

Beijão Beth, e melhoras pra essa tua gripe.

Gabriel disse...

as vezes o sofrimento é mais real do que a própria dor..

NANDO DAMÁZIO disse...

Caraca, era pra eu ter vindo aqui antes, mas demorei pelo mesmo motivo que o seu: a GRIPE, hehe .. Eu tava ruinzão também !!

Beth, adorei sua visita lá no meu blog, até que enfim apareceu alguém por lá que entende um pouco de surf, eu já tava me sentindo literalmente um "peixe fora d'água", huahua ..

E eu também me amarro no Hamilton, mas o ídolo insuperável continua sendo o invicto Slater, mas é claro que também há muitas outras feras !!

Hum, tá, bodyboard é "QUASE" a mesma coisa que surf, rs ..

Gostei muito do seu blog, sempre que der apareço mais vezes ..
Mahalo !! =D

isis disse...

Pois é, gostei da atitude! Sinal de que vc reage muito bem, tbm, com as adversidades sentimentais...e, não se entrega facilmente antes de lutar...ou não fica chorando anos por uma amor que se foi e, que depende de outrem (homens ao lado) para ser feliz...É isso aí, faça caretas para as crianças, brinque e converse com elas, pois elas são sinceras e não mascaram seus sentimentos.Seus abraços e beijos são verdadeiros e renovadores...bjsss

Postar um comentário

Se você não consegue entender o meu silêncio de nada irá adiantar as palavras, pois é no silêncio das minhas palavras que estão todos os meus maiores sentimentos.
(Oscar Wilde)