Idéias de Girico

|

Ideias383a

 

"Escrever é fácil.
Você começa com uma maiúscula e termina com um ponto final.
No meio, coloca idéias."

(Pablo Neruda)

 

 

O problema é a falta de idéias, preferem tomar para si textos que não são seus. Mas uma pessoa sem idéias é uma pessoa sem criatividade e que como muito bem diz Neruda em um outro belissimo texto seu; uma pessoa assim é  uma pessoa que morre lentamente.

Todos temos idéias, mesmo que sejam idéias de girico.

6 comentários:

Julie disse...

Hahahahaha!!!

Posso estar redondamente enganada (estou redonda mesmo com esse barrigao). O engraçado é que passei por um lugar cômico (vc deve imaginar) e pesquei os sem criatividades...

Acho que entendi seu belo post amore.

Bjs adoreiiii

Beth disse...

É???
Hummmmm...Num intendi momyzinha!

Quanto mais se explica, mais se complica. Mas, eu juro que foi isso: Ontem estava gastando a conta do meu celular com o Adão e caimos nesse papo de criatividade, medo de escrever, pessoas que pararam de escrever, outras que voltaram a escrever. Ai coincidentemente estava separando uns trecos de Neruda para dar para o benhê ler e achei os textos que coloquei nos blogs.

Hummmm...Hummm...Hummmm...mas acho que estou captando a vossa mensagem amada momyzinha! Ao final, tudo se repete nesse mundo que giramundo. Nada pessoal.

adao braga disse...

Quem tem idéias de girico, sabe que a idéia é de girico?

Algumas idéias se atribuidas a certos giricos, são até ofensivas.

Beth disse...

Cuma Dão???
Vocês me deixam enlouquecida !!!
È verdade, a ideia de girico pode ser girico para mim e para você ser uma obra de arte de um gênio. O que importa, é escrever desenvolver um raciocinio, mesmo que esse raciocinio seja surreal.

Afinal...o surrealismo é pura arte neh ????

bjs

Ela disse...

As minhas... de jerico, eu registro sempre.
rsrs


Gosto de Neruda e de vir aqui, e das coisas que tu escreves.

Anônimo disse...

Neruda novamente?
Perfect

Beijão
Pedro

Postar um comentário

Se você não consegue entender o meu silêncio de nada irá adiantar as palavras, pois é no silêncio das minhas palavras que estão todos os meus maiores sentimentos.
(Oscar Wilde)